segunda-feira, 2 de maio de 2016

NOTAS DA GRANDE IMPRENSA #INSÔNIA

NOTAS DA GRANDE IMPRENSA

INSÔNIA

Quem já não teve a difícil experiência de chegar em casa, esgotado, depois de um dia inteiro de trabalho, querendo repousar e ao se deitar na cama e fechar os olhos nada conseguir senão ficar uma noite inteirinha acordado, olhando para o teto. Mas o que para uns é exceção, para milhares de pessoas noites mal dormidas são uma realidade constante, que pode causar sérios danos à saúde, quando não tratada. Acredita-se que entre 10 a 20% da população mundial sofra com algum dos 90 distúrbios ligados ao sono, hoje enumerados na Classificação Internacional de Distúrbios do Sono (Cids).

Verdadeira epidemia nos países industrializados, o problema se apresenta de forma diversa e inusitada, como, por exemplo, no caso da Síndrome das Pernas Inquietas, que faz com que seus portadores mexam repetidas vezes as pernas durante a noite, o que acaba atrapalhando o dormir, como mostrou matéria publicada em setembro pela revista Viver  Mente & Cérebro, assinada pela jornalista Chiara Palmerini. A privação do sono representa um tormento tão grande que foi usada até como instrumento de tortura  conta ela num dos trechos da reportagem.

O Espiritismo muito tem contribuído para decifrar os problemas que afligem o espírito humano, mostrando que suas causas, não raro, transcendem o físico. Com o sono, não é diferente. Foi o que revelaram os benfeitores espirituais a Allan Kardec, em O Livro dos Espíritos. Na questão 401 esclarecem eles que durante o sono a alma não repousa como o corpo. O Espírito jamais está inativo. Durante o sono, afrouxam-se os laços que o prendem ao corpo e, não precisando este então da sua presença, ele se lança pelo espaço e entra em relação mais direta com os outros Espíritos  dizem.

Na questão seguinte, dão mais detalhes a respeito. O sono liberta a alma parcialmente do corpo. Quando dorme, o homem se acha por algum tempo no estado em que fica permanentemente depois que morre. Tiveram sonos inteligentes os Espíritos que, desencarnando, logo se desligam da matéria. Esses Espíritos, quando dormem, vão para junto dos seres que lhes são superiores. Com estes viajam, conversam e se instruem. Trabalham mesmo em obras que se lhes deparam concluídas, quando volvem, morrendo na Terra, ao mundo espiritual. Ainda esta circunstância é de molde a vos ensinar que não deveis temer a morte, pois que todos os dias morreis, como disse um santo. 

Como fica claro depreender das respostas dos Espíritos, preparar-se para o sono é fundamental. E esta preparação acontece ao longo do dia, com pensamentos, palavras e ações voltadas para o bem. Para quem passa por dificuldades relacionadas à insônia, procurar um médico especializado é sempre aconselhável, e juntamente a isso o cultivo da oração, sobretudo antes de se recolher ao leito. A prece ajudará a garantir a boa sintonia vibratória, fundamental a quem quer se ligar aos planos mais altos da vida, inclusive nas horas do sono.


Conselho Espírita Internacional
Boletim SEI: E-mail: boletimsei@gmail.com
Sábado, 13/11/2004 - no 1911

Nenhum comentário:

Postar um comentário