segunda-feira, 23 de maio de 2016

Atire a primeira pedra quem tiver livre do pecado

Atire a primeira pedra quem tiver livre do pecado


Aquele que estiver sem pecado, lhe atire a primeira pedra, disse Jesus. 

Esta máxima nos faz da indulgência um dever, porque não há ninguém que dela não tenha necessidade para si mesmo. 

Ela nos ensina que não devemos julgar os outros mais severamente do que julgaríamos a nós mesmos, nem condenar em outrem o 
que nos desculpamos em nós. 

Antes de censurar uma falta de alguém, vejamos se a mesma reprovação não pode recair sobre nós.

Trecho extraído do Evangelho seg.: o Espiritismo Cap: 13

Comentários de (Neide Fernandes Chagas)

Na humanidade o que mais vemos são casos em que pessoas escondem suas próprias falhas e erros para apontar as dos outros, na maioria dos casos erraram muito, mas muito mesmo e ate mesmo erros gravíssimos aos olhos de Deus. 

Como se isso ficasse impune diante da lei da ação e reação e estes infelizes se dizem perfeitos e só julgam o que eles acham errados nos outros,tais pessoas que agem desta forma são pessoas doentes e
devemos ter toda misericórdia para com elas e olhá-las como um ser que ainda está longe de entender as palavras de Jesus. 

Mas como Deus legou-lhes o livre arbítrio devemos respeitar suas atitudes, pois sabemos que a Deus nada é escondido chegará a hora 
de que estas pessoas irão prestar contas, vendo passar diante de seus olhos todo o mal que causou para as pessoas em seu 
passado, e não digo de um passado de outras existências mas desta mesma, para que sinta se tem algum direito de atirar pedras em quem quer que sejam. 

Se você nunca errou então atire a primeira pedra em seu irmão (a), caso contrário ore e rogue a Deus o perdão de suas faltas que 
com certeza sempre são muitas. 

Nesta lição o próprio Jesus disse: Tire a trave dos seus olhos primeiro para depois poder tirar a trave de alguém. 

Pobres criaturas que se julgam o maior perfeito dos seres quando em seu passado se esconde tantas imperfeições, erros e maldades, que 
lamentará por muitas encarnações terem sido tão hipócritas achando que estarão livres só por se acharem perfeitos e só o 
que soube fazer foi julgar e condenar as atitudes alheias. 


Quando Jesus disse orai e vigiai Ele quis com isso dizer, vigie as suas atitudes e não as do seu semelhante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário