quarta-feira, 18 de maio de 2016

NOTAS DA GRANDE IMPRENSA #CARINHO DOS PAIS BENEFICIA CÉREBRO DAS CRIANÇAS

NOTAS DA GRANDE IMPRENSA


CARINHO DOS PAIS BENEFICIA CÉREBRO DAS CRIANÇAS

O cérebro não nasce pronto. Além da genética, as experiências vivenciadas nos primeiros três anos de vida são determinantes – até mais do que os genes – para moldar o funcionamento cerebral diante de situações estressantes, desafiadoras e frustrantes. A informação é da neurocientista Suzana Herculano-Houzel, em matéria publicada em 14 de março no portal IG, sob o título “Carinho dos pais na infância molda o cérebro das crianças”, de autoria da jornalista Fernanda Aranda.

Em palestra realizada em São Paulo, Suzana explicou como as doses de afeto são receitas de sucesso para arquitetar um cérebro sadio no presente e no futuro: “Todo e qualquer processo de aprendizado, sendo criança ou adulto, exige a repetição, por meio da tentativa e do erro. Mas nos primeiros anos de vida, o cérebro compreende mais rápido como reagir. [...] É claro que a genética influencia em nossas habilidades e características. Mas a vivência da criança e os exemplos que ela tem dentro de casa são fundamentais para a criação deste comportamento. [...] São várias pesquisas científicas que comprovam o carinho físico, o toque e o contato como um moldador cerebral que torna a criança mais hábil e com o sistema de proteção orgânico mais forte. Isso acontece por causa da ocitocina, um hormônio altamente influente na formação cerebral, que é produzido durante a amamentação e liberado também no abraço, no beijo, na massagem. A ocitocina é responsável por fazer com que o cérebro produza a capacidade de vínculo e acalma todas as partes cerebrais acionadas em situações estressantes. O que é uma ótima prevenção da ansiedade e outros transtornos de comportamento que, às vezes, só se manifestam na vida adulta. Receber ou não carinho modifica para sempre como o cérebro vai reagir diante do estresse e da frustração. Mas, apesar de ser muito mais marcante na infância, o carinho sempre influencia. Nunca é tarde para começar.”


No livro “Mais Luz” (ed. GEEM), psicografado por Chico Xavier, o Espírito Batuíra dedica um dos capítulos ao “Amparo à criança”:

“Se nos propomos a edificar o futuro com o Cristo de Deus, é necessário auxiliar a criança.

Se desejamos solucionar os problemas do mundo, de maneira definitiva, é indispensável ajudar a criança.

Se buscamos sustentar a dignidade humana, abolindo a perturbação e imunizando o povo contra as calamidades da delinquência, é preciso proteger a criança.

Se anelamos a construção da Era Nova, na qual as criaturas entrelacem as mãos na verdadeira fraternidade, em bases de serviço e sublimação espiritual, é imprescindível socorrer a criança.

Entretanto, convenhamos que os grandes malfeitores da Terra, os fazedores de guerra e os verdugos das nações, via de regra, foram crianças primorosamente resguardadas contra quaisquer provações na infância.

E, ainda hoje, os jovens transviados habitualmente procedem de climas domésticos em que a abastança material não lhes proporcionou ensejo a qualquer disciplina, pelo conforto excessivo.

Urge, pois, não só amparar a criança, mas educar a criança e induzi-la ao esforço de construção do Mundo Melhor.”



SERVIÇO ESPÍRITA DE INFORMAÇÕES
Boletim SEI: E-mail: boletimsei@gmail.com
Abril 2013 – no 2223


Nenhum comentário:

Postar um comentário