segunda-feira, 25 de abril de 2016

EVANGELHO ESSENCIAL 7 @6 O CRISTO CONSOLADOR

EVANGELHO ESSENCIAL 7

Eulaide Lins
Luiz Scalzitti

6 - O CRISTO CONSOLADOR


Venham a mim, todos que estão aflitos e sobrecarregados, que eu lhes aliviarei. Tomem sobre si o meu jugo e aprendam comigo que sou brando e humilde de coração e acharão repouso para suas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo. (S. MATEUS, cap. XI, vv. 28 a 30.)

Se me amares, guarda os meus mandamentos; e eu rogarei a meu Pai e ele te enviará outro Consolador, a fim de que fique eternamente contigo: - O Espírito de Verdade, que o mundo não pode receber, porque o não vê e absolutamente o não conhece. Mas, quanto a ti, conhecê-lo-ei, porque ficará contigo e estará em ti. –

Porém, o Consolador, que é o Santo Espírito, que meu Pai enviará em meu nome, ti ensinará todas as coisas e ti fará recordar tudo o que tenho dito. (S. JOÃO, cap. XIV, vv. 15 a 17 e 26.)

O jugo leve

Todos os sofrimentos: misérias, decepções, dores físicas, perda de seres amados, encontram sua consolação na fé no futuro, na confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Sobre aquele que nada espera após esta vida, ou que simplesmente dúvida, as aflições caem com todo o seu peso e nenhuma esperança vem abrandar sua amargura.
* * *

Foi isso que levou Jesus a dizer: "Vinde a mim todos que estão cansados, que eu lhes aliviarei." Entretanto, faz depender de uma condição a assistência e a felicidade que promete aos aflitos. Essa condição está na lei por ele ensinada. Seu jugo é a observância dessa lei; mas, esse jugo é leve e a lei é suave, pois que apenas impõe como dever o amor e a caridade.
* * *

Consolador prometido

Jesus prometeu outro consolador: o Espírito de Verdade, que o mundo ainda não conhece, por não estar maduro para o compreender, consolador que o Pai enviará para ensinar todas as coisas e para relembrar o que o Cristo disse.
* * *

Se o Espírito de Verdade tinha de vir mais tarde para ensinar todas as coisas, é que o Cristo não dissera tudo; se ele vem relembrar o que o Cristo disse, é que o que este disse foi esquecido ou mal compreendido.
* * *

O Espiritismo vem, no tempo previsto, cumprir a promessa do Cristo: preside ao seu advento o Espírito de Verdade. Ele chama os homens à observância da lei; ensina todas as coisas fazendo compreender o que Jesus só disse por parábolas.
* * *

O Espiritismo vem abrir os olhos e os ouvidos, porque fala sem figuras, nem alegorias; levanta o véu intencionalmente lançado sobre certos mistérios.
* * *

O Espiritismo mostra a causa dos sofrimentos nas existências anteriores e na destinação da Terra, onde o homem sofre as consequências do seu passado. Mostra o objetivo dos sofrimentos, apontando-os como crises salutares que produzem a cura e como meio de purificação que garante a felicidade nas existências futuras. O homem compreende que mereceu sofrer e acha justo o sofrimento. Sabe que este lhe auxilia o adiantamento e o aceita sem murmurar, como o trabalhador aceita o trabalho que lhe assegurará o salário.
* * *

O Espiritismo proporciona fé inabalável no futuro e a dúvida cruel não mais lhe influência a alma. Vendo do alto as coisas, a importância das contrariedades da vida terrena some-se no vasto e esplêndido horizonte que ele o faz descortinar, e a perspectiva da felicidade que o espera lhe dá a paciência, a resignação e a coragem de ir até o fim do caminho.

INSTRUÇÕES DOS ESPÍRITOS

Advento do Espírito de Verdade

O Espírito de Verdade

Meu Pai não quer acabar com a raça humana; quer que, ajudando-se uns aos outros, mortos e vivos, isto é, mortos segundo a carne, porque não existe a morte, se socorram mutuamente.
* * *

Espíritas! Amem-se, este o primeiro ensinamento; instruam-se, este o segundo. No Cristianismo encontram-se todas as verdades; são de origem humana os erros que nele se enraizaram.
* * *

Os que carregam seus fardos e assistem os seus irmãos são bem-amados meus. Instruam-se na preciosa doutrina que dissipa o erro das revoltas e lhes mostra o sublime objetivo da provação humana.
* * *

Não busquem noutro lugar a força e a consolação, pois que o mundo é impotente para dá-las. Deus dirige um supremo apelo aos seus corações por meio do Espiritismo. Escutem-lhe. Extirpados sejam de suas almas doloridas a impiedade, a mentira, o erro, a incredulidade.

São monstros que sugam o seu mais puro sangue e que abrem feridas quase sempre mortais. Que, no futuro, humildes e submissos ao Criador, pratiquem a sua lei divina. Amem e orem; sejam dóceis aos Espíritos do Senhor; invoquem-no do fundo de seus corações. Ele enviará o seu Filho bem-amado, para lhes instruir e dizer estas boas palavras: Eis-me aqui; venho até vocês, porque me chamaram.

COMENTÁRIO

O CRISTO CONSOLADOR

Se considerarmos a vida futura e a necessidade que temos de renascer para podermos aprender e evoluir, iremos mudar nossa concepção da vida e portanto daremos menor importância às dificuldades materiais.

As vidas se sucedem e assim como elas os vários corpos materiais que se sucedem em serviço da alma para o exercício das diversas e variadas experiências que lhe possibilitem o avanço na escala evolutiva. Jesus propõe um jugo (obediência) para sua assistência, qual seja, o da caridade e o amor ao próximo. Como promessa futura deixa-nos a ideia de um Consolador, que a seu tempo virá nos esclarecer e fazer lembrar de tudo que nos disse. E o Espiritismo veio de fato fazer cumprir essa promessa trazendo-nos pela comunicação mediúnica os fatos e orientações necessárias ao nosso avanço e compreensão. Faz com que desta maneira tenhamos fé mais acendrada no futuro e portanto nos dá condições de termos serenidade, pelo entendimento e compreensão dos fatos. Os espíritos ao seu turno também têm nisto a oportunidade de se orientar e de compreenderem melhor os atos que praticaram e que lhes resultou em sofrimento. De maneira clara e objetiva nós podemos tirar destas comunicações os meios de nos precaver do nosso orgulho. É assim que o Espiritismo como o Paracleto vem dar sua contribuição e nos fazer mais confiantes no futuro conferindo-nos uma fé inabalável, pois o Espiritismo como disse Jesus, nos faz compreender porque viemos, de onde viemos e para que viemos, lembrança dos princípios da lei de Deus. Enfim, a consolação e o esclarecimento pela Fé e pela Esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário