sexta-feira, 15 de abril de 2016

ESTUDO #44 LIVRO PALAVRAS DE VIDA ETYERNA - AÇÁO

ESTUDO EVANGÉLICO

Livro: Palavras de Vida Eterna

Francisco Cândido Xavier pelo Espírito Emmanuel

- ESTUDO 44

AÇÃO

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis, e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão." - Paulo. (I Coríntios, 15:58.)

Conta Néio Lúcio2 que em uma das memoráveis reuniões de Jesus com os discípulos, estavam estes em discussão acalorada sobre o que se deveria fazer para a conquista do Reino de Deus. Salientava um a necessidade da meditação; outro opinava pelo retiro espiritual; aquele achava que deveria isolar-se em lugar inacessível ao pecado. João optava pela adoração constante, chegando a sugerir o abandono das atividades profissionais. Bartolomeu destacava a prática do jejum com abstenção de todo contato com pessoa impura. 
              
Encontravam-se nesta discussão, e sem consenso, quando Simão chamou Jesus para os devidos esclarecimentos. O Mestre então dirige-se a cada um dos discípulos presentes endereçando-lhe questões, chamando-os à reflexão. Interessantíssimos são estes diálogos após os quais chegam à conclusão que2: "O Reino Divino guarda o imperativo da ação por ordem fundamental". O Evangelho conclama-nos diariamente à ação no bem, ao trabalho em padrões elevados.

As dúvidas daqueles tempos ainda persistem uma vez que muitos acreditam que para promover o Espírito Imortal, para garantir a iluminação interior há que se fugir do campo de luta, resguardando-se, no falso entendimento de que o tão desejado Reino seja fruto da observância de alguns rituais, longe do serviço ao semelhante. 

Na palavra esclarecedora de Emmanuel1 "Fé representa visão. Visão é conhecimento e capacidade de auxiliar. Quem penetrou a terra espiritual da verdade, encontrou o trabalho por graça maior". Por isso3, "(...) dia-a-dia, todos somos impelidos a várias operações para avançar no caminho...

Sentimos.

Desejamos.

Falamos.

Estudamos.

Aprendemos.

Conhecemos.

Ensinamos.

Analisamos.

Trabalhamos."

Definindo ações que precisam ser orientadas pelo ideal maior, movimentando a vontade na tarefa de servir sempre. O Evangelho é o roteiro de trabalho ativo no bem que consegue reestruturar o espírito e orientá-lo para os objetivos superiores.

Neste propósito, o apóstolo Paulo2, em sua Epístola aos Coríntios, deixa claro a "necessidade de nossa firmeza e constância nas tarefas de elevação para que sejamos abundantes em ações nobres no Senhor".

A ação no bem, onde e com quem estivermos, é condição para promover a edificação moral, o convite inadiável explicitado no Evangelho. Não nos iludamos: não há outra forma de alcançar a felicidade, o bem estar, a paz interior a não ser pelo esforço constante em melhorar o mundo íntimo pautando sentimentos, pensamentos e ações no evangelho redentor.

Emmanuel3 conclui alertando: "(...) em verdade, todos somos diariamente constrangidos à ação e pelo que fazemos é que cada um de nós decide quanto ao próprio destino, criando para si mesmo a inquietante descida à treva ou a sublime ascensão à luz". 

Bibliografia:

1. Xavier, Francisco Cândido. "Fonte Viva: Firmeza e Constância". Ditado pelo Espírito Emmanuel. FEB. 28a ed. Rio de Janeiro, RJ. 2002. 

2. Xavier, Francisco Cândido. "Jesus no Lar: O Imperativo da Ação". Ditado pelo Espírito Neio Lúcio. FEB. 7a ed. Rio de Janeiro, GB. 1972. 

3. Xavier, Francisco Cândido. "Palavras de Vida Eterna: Ação". Ditado pelo Espírito Emmanuel. CEC. 17a ed. Uberaba, MG. 1992.



Iracema Linhares Giorgini
Fevereiro / 2005


I CORINTIOS 15
58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.


Centro Espírita Batuíra


cebatuira@cebatuira.org.br
Ribeirão Preto (SP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário