terça-feira, 28 de junho de 2016

Motivos de Resignação

Motivos de Resignação 


Por estas palavras: Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados, Jesus indica, ao mesmo tempo, a compensação que espera aqueles que sofrem, e a resignação que faz abençoar o sofrimento com o prelúdio da cura.

Essas palavras podem, ainda, ser traduzidas assim: Deveis considerar-vos felizes por sofrer, porque as vossas dores neste undo são a divida das vossas faltas passadas, e essas dores, suportadas pacientemente sobre a Terra, vos poupam séculos de sofrimento na vida futura. Deveis, pois, estar felizes porque Deus transformou vossa divida permitindo pagá-la presentemente, o vos assegura a tranqüilidade para o futuro.


 Extraído do Evangelho 
Seg.: o Espiritismo

Comentários de
Neide Fernandes Chagas

Meus amados irmãos aqui volto para deixar-lhes mais esta lição, quando sofrerdes injurias, difamações, perseguições causando-lhes dores, tristezas, amarguras e sentir-se injustiçado (a), não lamenteis, pois nosso Pai Maior lhe trará a consolação se sofreres 
calados e não devolvendo todas essas ofensas recebidas estará resgatando débitos do passado.

Jesus disse vinde a mim vós que sofreis pois serão consolados se assim o fizer sentirá o quanto foi preciosa sua resignação e paciência.
Pois sendo a Terra um planeta de expiação não esperais felicidades perpétuas aqui, mas sim ao lado do nosso Pai Criador, sedes felizes irmãos quando a dor o atingir, pois a cada lágrima derramada será uma a menos nas próximas encarnações. 

Nunca pague uma divida contraindo outra, ou seja, se alguém te fere, é porque feriste no passado suporte sem murmúrios e em prece pedindo forças do Alto e tenha certeza ela virá, quando receberes a bofetada não revide, pois no futuro lamentará vendo-se em condições precárias tendo que recomeçar. 

Sedes resignado (as) meus amados irmãos não deixe que o orgulho e a ira te façam perder grandiosa oportunidade de ficar quites com as leis de Deus, porque tais leis se fará valer você querendo ou não, uma vez que foram criadas por Deus e também obedecem a Ele e nunca será extinguida do universo.

Então quando a dor bater a sua porta suporte-as com brandura e sem lamentações e agradeça ao nosso Criador a possibilidade de saldar as dividas contraídas, dividas estas que vocês 
mesmo fizeram. 


Analisem bem esta lição e as coloquem em prática para que possam no futuro não sentirem o amargor do arrependimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário