segunda-feira, 20 de junho de 2016

Médiuns videntes

Médiuns videntes




O médium vidente julga ver pelos olhos, como os que possuem a dupla vista. 

Na realidade, porém, é a alma que vê e, por isso, tanto vêem com os olhos fechados quanto com os olhos abertos. 

Disto decorre que um cego pode ver os Espíritos tão bem quanto uma pessoa que enxerga.

Sobre este ponto seria interessante fazer-se um estudo, visando saber se tal faculdade seria mais freqüente nos cegos. Espíritos que 
foram cegos nos dizem que em vida tinham através da alma a percepção de certos objetos e que não se achavam mergulhados na negra obscuridade. É preciso distinguir as aparições acidentais da faculdade, propriamente dita, de ver os Espíritos.

As primeiras são freqüentes, sobretudo no momento da morte das pessoas amadas ou conhecidas e que nos vêm advertir de que já não 
são deste mundo. Há numerosos exemplos de fatos deste gênero sem falar das visões no sono. 

Outras vezes são também parentes ou amigos que, embora mortos há mais ou menos tempo, nos aparecem para avisar de um perigo, dar um conselho ou pedir um favor.

Geralmente o favor que pedem consiste no comprimento de uma promessa que fizeram em vida, ou no auxilio de preces



Trecho extraído do 
(livro dos médiuns)

Allan Kardec

Nenhum comentário:

Postar um comentário