quinta-feira, 29 de setembro de 2016

*Palestra Virtual*

Promovida pelo Canal #Espiritismo

http://www.irc-espiritismo.org.br

*Tema: Doenças Cármicas*

*Palestrante: Dr. Luiz Carlos Formiga*

Rio de Janeiro

*Organizadores da Palestra:*

Moderador: "Brab" (nick: [Moderador])

"Médium digitador": "jaja" (nick: Luiz_Formiga)

*Oração Inicial:*

*Pai, te pedimos força, coragem, fé e resignação, e que possamos ter como norma de conduta o Teu evangelho. Agradecemos a oportunidade de estarmos aqui, momento esse de aprendizado e esclarecimento. Obrigado, Pai, por tudo que nos proporcionastes até hoje. Assim seja!*

*Apresentação do Palestrante:*

Professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Espírita por hereditariedade(Meu avô já era espírita)  :)) Especialidade: Microbiologia Médica. Coordenador do Núcleo Espírita Universitário. Dentro das doenças cármicas, os temas que me sinto mais a vontade são Hanseníase (lepra) e AIDS. (t)

*Perguntas/Respostas:*

<[Moderador]> [1] /Dracon/ Doenças cármicas são incuráveis?

Não! Depende do tempo de duração da prova. Lembrar do cego de nascença que Jesus curou. (t)

<[Moderador]> [2] /Ricardo/ A Epilepsia é 100% uma doença cármica?

Não sei. Mas acredito que todas as doenças são cármicas.(t)

<[Moderador]> [3] /Yes/ Formiga, como o componente espiritual como uma das causas das doenças, está sendo visto pela ciência oficial, ou pelo meio acadêmico, atualmente?

Existem duas vertentes da ciência. A vertente materialista e a vertente espiritualista da ciência. A vertente espiritualista tem ganho um grande campo e já influencia até a Organização Mundial de Saúde (OMS). Para você ter uma idéia, o próprio manual de psiquiatria da Sociedade Americana já pede para o médico olhar com cuidado aquelas pessoas que dizem ver e ouvir espíritos para fazer o diagnóstico diferencial do surto psicótico para aquilo que as Universidades italianas vêm chamando de fenômeno mediúnico. Como você vê, a vertente espiritualista está ganhando terreno e num futuro bem próximo o espiritual terá o seu lugar de destaque na academia. (t)

<[Moderador]> [4] /alexso/ Como diferenciar uma doença cármica de uma doença "ocasional"? (ocasional no sentido de, doença devido a problemas físicos, por exemplo?)

A doença ocasional é aquilo que a gente poderia chamar de "acidente de percurso", ocasionada pela ignorância, como utilizar camisas de vênus no Brasil, uma vez que elas foram reprovadas em mais de 50 % nos exames de controle de qualidade. Dessa forma, o indivíduo mal informado que utiliza a alavanca da promiscuidade, que é a camisinha, pensando que está fazendo sexo seguro. E como ele está num mundo como espírito encarnado está sujeito a sofrer as conseqüências da sua invigilância, construindo, dessa forma, um futuro que é uma interrogação. (t)

<[Moderador]> [5] /Dracon/ Uma doença cármica pode ser completamente evitada através da prática do amor e da caridade?

Pode. Eu conheço um caso, embora não possa identificar os nomes, mas ela trocou um câncer de útero por uma nova gravidez. A informação veio de um médium bastante confiável, do nível dos melhores médiuns do Brasil. Por isso que I Coríntios, 13-14, Paulo fala da excelência da caridade e no 15o. Capítulo do Evangelho Segundo o Espiritismo, o lema liberal é "Fora da Caridade não há Salvação". Por caridade, entendemos o amor em ação. (t)

<[Moderador]> [6] /Ricardo/ No caso especifico da Hanseníase, ela pode ser tratada com a Homeopatia e de que forma ??

O tratamento da Hanseníase, hoje, é um tratamento científico e a Polioquimioterapia é eficaz. Não achamos que seja necessário utilizar exclusivamente a homeopatia. No entanto, não sou homeopata nem clínico, mas depois que os ângulos de ligação das moléculas de água foram modificados após a fluidificação da água, por que não acreditar que a dinamização utilizada por Hanneman, o pai da homeopatia, não venha a ser eficaz?. No entanto, o plano da organização mundial da saúde é a erradicação da doença até o ano 2000, utilizando a alopatia. Aliás, na minha especialidade, nós trabalhamos com o micróbio e o antibiótico, descobrindo novos antibióticos, que já entregamos à classe médica.... Resta agora, o governo melhorar as condições de vida da nossa população, porque a Noruega, na década de 40, erradicou a doença sem usar antibióticos. (t)

<[Moderador]> [7] /Vadico/ Dentro da nossa pequenez, como melhor passar pela doença cármica e pelos acidentes de percurso?

I Coríntios, 13-14 (Sem preconceitos, leia o livro "O Dom Supremo" - adaptado por Paulo Coelho). (t)

<[Moderador]> [8] /Crystal/ Três casos de síndrome numa família, seria um carma escolhido pelas três pessoas, p/ se "purificarem" juntas?

Provavelmente.  (t)

<[Moderador]> Temos agora 3 perguntas relacionadas, amigo Formiga. Irei colá-las uma a uma, em série.

<[Moderador]> [9] /alexso/ Gostaria que o senhor falasse um pouco sobre a AIDS e sua relação direta com o carma.

<[Moderador]> [10] /Yes/ Certa vez, numa palestra na mocidade que eu freqüentava, perguntaram se a AIDS era uma espécie de punição à Humanidade. Você respondeu não saber se era ou não, dando a entender que essa preocupação era até irrelevante. De lá para cá sua opinião mudou, já que já devem ter surgido novos elementos para o estudo da questão?

<[Moderador]> [11] /Eva/ Não seria a AIDS nada  mais  que "um acidente de percurso"?

O processo de retorno à vida na Terra passa pela reencarnação que por sua vez passa pela sexualidade, que por sua vez passa pelo princípio do prazer. Considerando isso, é pertinente pensar que todos, de alguma forma, já devemos ter cometido enganos no campo da sexualidade. Por isso, qualquer um de nós está sujeito a pegar AIDS. A questão do castigo, acredito que, como nos demonstrou a Doutrina Espírita, Deus é soberanamente justo, mas é amor, e acima de tudo, inteligência suprema inteligência que não parece condizer com a idéia de castigo. Será que Deus, tão inteligente, não teria idéia melhor?. A AIDS pode até ser um acidente de percurso, mas é difícil acreditar pelo que comentamos acima.  Se AIDS existisse na época de Paulo, que carta ele escreveria aos Coríntios? (t)

<[Moderador]> Mais 2 perguntas relacionadas, amigo:

 [12] /LIZz/ Como eu sei que é uma doença cármica?

/ [13] /names/ Uma doença cármica tem cura nesta existência?

Lembra que nós falamos da troca do câncer por uma nova gravidez? Nessa gravidez, não seria esse filho um câncer? Que espírito seria esse? Um general de Hitler? Quer trocar:) Posso saber se uma doença é cármica, através da revelação mediúnica. Mas, para quê saber?  Veja a prece de abertura. A doença cármica pode até não ter cura, mas a ação no amor vai torná-la muito branda. Sabemos de um caso, por revelação mediúnica, de um indivíduo que perderia o braço, no entanto, perdeu apenas um dedo. Estava atento à excelência da caridade.(t)

<[Moderador]> [14] /Ricardo/ Mas ao erradicar uma doença, eu não posso estar substituindo-a por outra. Como dentro de um processo de ajuste de microorganismos ? Ou seja, ao fechar uma porta não estaremos abrindo uma janela ? Ou ,utilizando determinados antibióticos, atirando com um canhão para matar uma formiga ?

É interessante o raciocínio, mas parece uma premissa falsa. É como o caráter da revelação espírita. Os espíritos vieram, mas não deixaram que Kardec não "suasse a camisa". A pesquisa é nosso dever e foi desta forma que recebemos uma codificação. No campo da saúde, lutar contra os males é fundamental e sedar a dor é divino. (t)

<[Moderador]> [15] /Vadico/ Como doença cármica, devemos entender aquelas que são resgates e barreiras escolhidas por nós mesmo, ou também os danos e estragos que causamos ao nosso perispírito e levamos para uma nova encarnação?

Dizem que muitas vezes a resposta está na própria pergunta. Examine-a e você vai concordar comigo. Uma hipótese não exclui a outra. (t)

<[Moderador]> [16] /alexso/ O câncer também é uma doença cármica, mas proveniente de que tipo de erros?

(A pergunta é muito importante). O tipo de erro é muito variável para qualquer doença cármica. Exemplo: Um corsário que singrava os mares e roubava as mulheres é um leproso moral. Você pode perceber que a expressão cármica, no futuro, será leproestigma. Um leproso moral pode corresponder a uma hanseníase virchowiana.[ A Lei é corretiva e atua primariamente no campo psicológico, sendo que as circunstâncias físicas são apenas um meio pelo qual a finalidade educativa é alcançada. A reação no plano físico não é exata. Derramou sangue - corresponde a uma anemia irreversível. (t)

<[Moderador]> [17] /MED_MIKE/ Doutor Formiga, ter uma doença cármica muitas vezes é interpretado como um castigo. Daí o velho conceito de milhões de religiões que falam que Deus castiga. De uma certa forma isto não pode ser interpretado como um castigo?

Como havíamos comentado anteriormente, a finalidade do sofrimento não é punitiva (castigo), mas corretiva. O indivíduo que prejudicou o semelhante de maneira grave precisa sentir na própria pele a dor que o outro experimentou, a fim de reeducar-se e quando novamente posto numa situação em que tenha oportunidade de reincidir, ele seja capaz de resistir aos seus impulsos. É lei educativa, não é punitiva. (t)

<[Moderador]> [18] /MED_MIKE/ A depressão poderia ser uma doença cármica? Que tipos de erros poderia trazer?

Sim, a depressão, vista como tristeza profunda, pode ser conseqüência realmente de erros do passado. Mesmo sem fazer regressão de memória, o indivíduo pode, examinando suas tendências, desconfiar dos erros cometidos no passado. O próprio Kardec comenta que não há necessidade de fazer regressão de memória, é só fazer a viagem introspectiva.  O vazamento do passado no presente pode realmente nos levar à depressão, afinal de contas nós não somos boas biscas. A sorte é que já aprendemos o valor da prece, do passe e da água fluidificada. (t)

<[Moderador]> [19] /names/ É certo afirmar que uma doença cármica não tem cura na medicina ,pois tem origem em resgate do espírito?

Não. Eu trouxe um caso clínico de um paciente com câncer e que ficou curado através da medicina espiritual. Estou chamando de medicina espiritual, porque o paciente foi acompanhado por um médico espírita, professor de medicina em São Paulo e que o descreveu recentemente.  Maiores detalhes, depois do nosso comercial. :)))) (t)

<[Moderador]> [20] /alexso/ E a loucura, esquizofrenia, seria uma doença cármica também? Como diferencia-la da obsessão, neste caso? <[Moderador]> [20 - Complementação] /Brab/ Que relação existe entre doença cármica e processo obsessivo?

Este é um campo difícil para o palestrante, uma vez que nunca vi nenhum micróbio com problemas obsessivos ou de loucura.  :))) O ideal seria trazer o Dr. Jorge Andréa. Mas, para não deixar em branco, gostaria de dizer que, dependendo do obsidiado, o carma é do obsessor. (t)

<[Moderador]> [21] /^Fabinho^/ Dr. Formiga, você percebe alguma diferença entre doenças congênitas e doenças adquiridas, do ponto-de-vista cármico. Ou seja , as primeiras não tem fuga possível e seriam então uma "sentença" inexorável, ao contrário das adquiridas, para as quais seria possível agirmos mais?

É, concordo que existe essa diferença, assim como existem as reencarnações compulsórias. Felizmente, nós já somos espíritos iluminados  :))) e já podemos programar o nosso AIDS adquirido com 10 das 17 marcas de camisinha que tinham o selo do INMETRO, que atesta a qualidade dos produtos!!  Bela segurança!! Em outubro de 1996, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor soltou um resultado alarmante: 13 das 20 marcas mais usadas não cumpriam os requisitos de segurança para o produto. Está armada a estrada para os nossos acidentes de percurso. Mas não esqueçam que temos agora, no momento, um milhão e meio de crianças que nascem com AIDS (congênito?) E a OMS prevê, no ano 2000, 5 milhões de crianças com AIDS. (t)

<[Moderador]> [22] /names/ Os efeitos de uma doença cármica podem ser eliminados por regressão de memória?

<[Moderador]> [22 - Complementação] /Yes/ É comum companheiros de todo o país perguntarem aqui sobre a utilização da regressão (TVP) como tratamento para doenças e problemas. Diante do risco que isso pode representar, como podemos orientar corretamente esses irmãos?

Você me pergunta se os efeitos de uma doença cármica podem ser eliminados, mas não seria melhor perguntar se eles não seriam agravados?  Principalmente porque esse tipo de tratamento é tão complexo  que necessita de pessoal especializado e espiritualizado. Mais uma vez, gostaria que o Jorge Andréa estivesse dormindo e que pudesse dar uma incorporadinha em mim para resolver problemas tão complexos :))))) (t)

<[Moderador]> [23] /MED_MIKE/ Uma doença cármica não deve receber tratamento médico-físico?

Toda doença deve receber tratamento. "Sedar a dor, divino é". (t)

<[Moderador]> [24] /Crystal/ Durante uma hipnose é possível fazer algo que a doença cármica não permite? Andar, por exemplo.

Acredito que durante a hipnose, um cego pode ver, porque a visão é espiritual, mas na experiência do cientista "português", que retirou as pernas da aranha ele chegou a conclusão que mandando ela andar e ela não andando, a aranha sem perna não escuta. :))) . Volto a dizer a vocês que o campo da psicologia e da psiquiatria está muito longe do meu conhecimento, e só muito humildemente e com muito carinho estou agüentando tantas perguntas inteligentes e difíceis de responder. Gostaria de fazer uma: Quem é vítima, quem é mártir e quem é vilão na história da AIDS?  As crianças, os homossexuais promíscuos masculinos ou os bissexuais em geral? E as mulheres que confiaram em seus maridos e foram enganadas?  Já pensaram nisso?(t)

<[Moderador]> [25] /Eva/ Forte sentimento de arrependimento, por compreender que uma obrigação ou responsabilidade não foi cumprida, pode resultar em uma “doença cármica” em encarnação posterior?

Sim, nascer com a doença cármica de fazer o bem. (t)

<[Moderador]> [26] /MED_MIKE/ Devemos aceitar uma doença como a AIDS e o Câncer como algo que depende de nossa evolução. Sendo assim, estaríamos presos a um destino onde não adiantaria a medicina preventiva. Como fica então essa questão: previnamos ou aceitemos o "destino"?

As duas colocações são pertinentes. Aceitemos agora e previnamos o depois, ou seja, resignação e coragem, oração e vigilância para não cair em erros piores. Ele disse: "Vai e não peques mais para que algo pior não te aconteça." Ele conhecia a lei educativa, mas Nicodemos não entendeu. E ele era doutor, hein!!  :)) (t)

<[Moderador]> [27] /names/ A origem da doença cármica está no perispírito ou no espírito?

A origem de toda doença está no espírito, por isso que a cura passa pelo dom supremo, que é o amor. Você já viu Jesus com diarréia? :)"Mente sã em corpo são." Mesmo no momento da crucificação, Ele não foi com nenhuma reserva emocional estocada, tanto que pediu ao Pai que os perdoasse, afinal eles não sabiam o que estavam fazendo. É a lição do amor incondicional que passa pela saúde plena, assim como já conhecemos o prazer, está na hora de descobrirmos o que é o amor. E a AIDS veio não para castigar, mas para lecionar. (t)

<[Moderador]> Última pergunta, amigo Formiga: [28] /Quantus/ O mundo passa por fases que diferem entre si em relação ao carma da humanidade, visto que ao longo dos tempos a humanidade se depara com novos tormentos, perde outros, alguns se equilibram entre si, etc. Uma guerra, apesar de não ser um problema congênito, pode propiciar doenças congênitas indiretamente. Dando um exemplo: Radioatividade. Como explica-se isso, ou estarei errado em avaliar?

Qual a doença congênita daquele rapaz que lançou a bomba de Hiroshima? Isto é uma pergunta-resposta para você pensar profundamente. Recomendo a você a inddia que leiam o livro "Dores, Valores, Tabus e Preconceitos" de autoria de Luiz Carlos Formiga. :))) Em tempo, os direitos autorais foram cedidos gratuitamente. Pode comprar que eu não vou ficar rico.:))) Vocês lembram do meu comercial?  Só consegui fazer agora!! :))))  (t)

*Considerações finais do Palestrante:*

Gostaria de agradecer a todos que participaram e que se sensibilizaram com o problema da AIDS. Hoje o Brasil ocupa o 2o. lugar no mundo e o primeiro lugar da América Latina, em número de casos de Hanseníase e os pacientes sofrem muito por causa do preconceito e da rejeição que têm nas próprias famílias. Tudo isso ocasionado pelo leproestigma. Na AIDS, o problema não é menor. A AIDS é, sem dúvida, a lepra dos nossos dias. E foi trabalhando com esses doentes, que Madalena curou todos os seus complexos de culpa. Gostaria que todos vocês lutassem comigo para que o povo brasileiro não rejeitasse esses doentes. É o que lhes pede, nesse momento, um espírito que se assina como René Pessa socorram a Casa Maria de Magdala em Niterói. Contatos comigo, Luiz Formiga, NEU-FUNDÃO - Caixa Postal 68043 - CEP: 21944-970 - Rio - RJ - Brasil. O Núcleo vai realizar o 1o. ciclo introdutório universitário ao estudo sistematizado da Doutrina Espírita entre 23/10 a 18/12/97 no CCS-UFRJ. O curso está aberto aos alunos, funcionários e professores. Os temas que serão discutidos: A Doutrina Espírita, Primórdios do Espiritismo, Movimento Espírita no Brasil. Imortalidade da Alma, Reencarnação, Mediunidade. Os Espíritos, O Passe, A Obsessão. Diversos expositores:  Ana Guimarães, César Rabelo, Ermínia San Gil, Geraldo Guimarães, Horácio Ramazine, Leon Pereira, Luiz Milleco, Luiz Formiga (o próprio)  :)) e Paulo Eduardo Hobaica. Muita paz!  PT Saudações! (t)

*Oração Final:*

*Meus amigos , nesta noite , em que recebemos as bênçãos dos ensinamentos , que movem nossa alma. Pedimos mais um instante , para agradecer a Deus e a Jesus pela oportunidade maravilhosa. Agradecemos pela oportunidade recebida , sabemos que somos tão pequenos e imperfeitos e muito temos a aprender. Mas , sabemos também de nossa responsabilidade diante do sofrimento de nossos irmãos , que sofrem que choram em seus leitos , seus lares , hospitais. Senhor , derramais suas benção , aliviando, consolando ,enxugando as lágrimas de nossos companheiros de caminhada. Possamos nós , participar dessa seara maravilhosa , aprendendo a amar , cada vez mais. Fica conosco Senhor , envolve-nos e inspira-nos no caminho do bem. Que assim Seja!*

Nenhum comentário:

Postar um comentário