quarta-feira, 24 de agosto de 2016

educar_003_Tema Lar  


 *CVDEE - CENTRO VIRTUAL DE DIVULGAÇÃO E ESTUDO DO ESPIRITISMO*

*Estudos destinados à família e à educação no lar*

Ois, Lindinhos e Lindinhas de meu coração, espero que tudo em paz e luz com e pra vcs:))

 Nestes dias andamos vendo, revendo, pensando e refletindo sobre família, filhos e pais.

Observamos que há vários aspectos quanto à formação da família atual.

 Sabemos, também, que cada um de nós está dentro dos raios de ações necessários ao nosso desenvolvimento e é dentro da família que verificamos os encontros dos laços que nós mesmos formamos.

 *Emmanuel, em psicografia de Francisco Cândido Xavier, in: Pensamento e Vida, diz:*

 "(...)

Temos assim, no grupo doméstico, os laços de elevação e alegria que já conseguimos tecer, por intermédio do amor louvavelmente vivido, mas também as algemas de constrangimento e aversão, nos quais recolhemos de volta, os clichês inquietantes que nós mesmos plasmamos na memória do destino e que necessitamos desfazer, à custa de trabalho e sacrifício, paciência e humildade(...)."

 Assim, observamos que a família na Terra abriga, sob o mesmo teto ou sangue, as ligações de resgastes.

Destarte, para que possamos obter sucesso real nos necessários reajustes, os quais a maioria de nós quem escolheu para si próprio, se faz mister que ao lado da família possamos formar lares.

*Vamos, então, conversar um cadinho sobre:*

 *01) Qual a diferença entre família e lar?*

*02) Como se dá a formação de um lar?*

*03) O que podemos entender como lar?*

*04) Poderíamos dizer que formar lares é o mesmo que exercitar o Amor? por que? De que forma?*

*Tema 03b : Lar  nossa conversa sobre*

Olá a todos!!! Esta é a primeira vez que participo nesta sala, e espero estar contribuindo com o meu melhor. Lá vai!!!

Logo abaixo deixo algumas ideias com relação à primeira questão:

01) Qual a diferença entre família e lar?

De acordo com o ³Dicionário MAIS da idéia às palavras², da Seleções do Readers Digest, fui buscar algumas idéias:

FAMÍLIA significa:

- estirpe,

- descendência,

- tronco,

- lar.

Algumas ideias:

- FAMILIAR, DOMÉSTICO: próprio da família;

- APELIDO, PATRONÍMICO: nome de família;

- PATRIARCA, PATERFAMÍLIAS: chefe de família;

- TRONCO: indivíduo que está na origem de uma família;

- GENEALOGIA: filiação dos membros de uma família;

- DINASTIA: sucessão dos membros de uma família real ou muito célebre;

- ANTEPASSADOS, AVÓS, ASCENDENTES, MAIORES: membros da família de que se descende;

- CONSAGUÍNEOS, COLATERAIS: membros de uma família que descendem de um mesmo antepassado;

- DESCENDÊNCIA, LINHAGEM, POSTERIDADE, PROGÊNIE, GERAÇÃO, RAÇA, ESTIRPE, CAPA: família de uma pessoa ilustre;

- HEREDITARIEDADE, ATAVISMO: traços transmitidos pelos antepassados de uma família à sua linhagem;

- PATRIMÔNIO: conjunto dos bens de uma família;

- CLÃ, ESCOLA, SOCIEDADE: família artística.

LAR significa:

- lareira,

- família,

- casa.

Algumas ideias:

- LARES, PENATES: divindades romanas do lar;

- NINHO: lar de aves;

- FOJO, TOCA: lar de feras;

- FAMÍLIA: formar um novo lar;

- CASA, FAMÍLIA: lar ao qual se regressa.
(alcdl)

"A casa não é apenas o refúgio de madeira ou alvenaria. É o lar onde a união e o companheirismo se desenvolvem."

a)   O que seria verdadeiramente União e Companheirismo, e como desenvolver isso para tornar nossa casa um verdadeiro Lar?
b)    
Estar unidos em qualquer momento, seja bom ou mau (união), e acima de tudo respeitarmos as diferenças, compreendendo que cada um tem as suas qualidades e defeitos, e podemos assim poder aprender muito uns com os outros (companheirismo).
(alcdl)
--
Bom dia,

Luz e paz!

Esta proposta de estudo me fez meditar um pouco mais acerca destes conceitos de lar e família, a princípio pensei no lar físico, mas penso que lar é o espaço onde habitamos, físico ou não; já a família são todos aqueles que estão vinculados a nós. Quando encarnados temos pais, irmãos, filhos, marido, enfim, "n" pessoas, mas ocorre algumas vezes que o lar terreno e formado por um solitário (a), não será um lar? Mas onde sua família? Não tem mais os pais, não teve irmãos. Quem será sua família neste momento? Será somente aqueles que o estimam? Neste caso fico a pensar se não será toda e qualquer pessoa que com ela conviver. Penso assim porque vejo por alguns exemplos, que a paternidade ou maternidade não dá garantia para um lar nem para formar uma família, são estranhos e se odeiam, porém encontram fora do lar amigos que os compreendem e amam. Assim que vejo lar e família sendo usados como conceitos corriqueiros, já para aqueles que preocupam-se com a verdade, os espíritas que estudam os conceitos de amor e fraternidade, sabendo dos compromissos assumidos diante da espiritualidade, logo nos colocamos alertas e tentamos nos animar neste árduo trabalho de amor, de acertos, de paciência, de dedicação, por que não dizer de sacrifícios. E vejo que neste trabalho de levar conceitos de amor ao nossos próximos e também fundamental levar os outros próximos além da família, mas olha que competição é difícil ! A TV, as revistas, a mídia no geral minando todo e qualquer trabalho no bem, por vezes é como se estivéssemos sós no meio da multidão. Nesta hora, e em todas as horas que a família precisar a prece é o consolo e o remédio, cercá-la na luz de todo amor que tivermos, oferecer o Evangelho no Lar e a Evangelização os grandes e pequenos, não esquecendo que o exemplo tem de ser oferecido, mas que a trajetória é individual.

Uma boa semana a todos, com um beijo.

(Lúcia )
--

O Apóstolo Paulo afirma que estamos sempre cercados por centenas de testemunhas, não importando se estejamos escondidos ou a vista, se estamos a sós ou acompanhados. No caso de pessoas que vivem sozinhas, credito que aqueles Espíritos simpáticos a elas, estejam sempre a acompanha-las. Ninguém está só.
         Edson
---

Foram muito interessantes, assim como extremamente válidas as colocações de todos vocês em respostas às questões que nossa coordenadora Lu colocou na sala.

Sabem que, analisando essa questão Lar, lembramo-nos de um conceito que André Luiz nos dá no livro Sinal Verde, psicografia de Chico Xavier:

"A casa não é apenas o refúgio de madeira ou alvenaria. É o lar onde a união e o companheirismo se desenvolvem."

Bonito e profundo, não acham?

Nos mostra a necessidade de nos unirmos mais, de aprendermos a ser companheiros de verdade, e também que onde existe isso, temos aí um verdadeiro lar.

Então, vamos continuar respondendo às questões propostas pela Lu, e acrescentar mais esta:

a)   O que seria verdadeiramente União e Companheirismo, e como desenvolver isso para tornar nossa casa um verdadeiro Lar?
b)    
Abraços à todos

(Ivair – Equipe Educar CVDEE)
---

Verdadeiramente união e companheirismo, é participar dos acontecimentos do lar, deixar as diferenças e problemas de lado, ter um convívio afetuoso, um lar com harmonia, sem discussões, principalmente na frente dos filhos, sempre dialogar com o marido e filhos sobre os assuntos do dia. Estar sempre juntos nos momentos bons e ruins, principalmente nos momentos ruins, onde precisamos ainda mais do companheiro.  E crescendo num ambiente assim nossos filhos com certeza criarão um lar também com união e companheirismo.
(Maritsa)
---

            Não consigo ver família separado de um lar, os dois andam juntos, a família uma reunião de espíritos que se reúnem no aprendizado da Terra formando um lar onde há de se ter amor, renuncia, dedicação, perdão.
             
            Só acredito na formação de um lar com amor, através do amor de 2 pessoas que se propõem a amar e respeitar.
             
3- Lar, pelo menos o lar que todos gostariam de ter seria de espíritos que se amem, que pelo menos respeitem as diferenças que saibam contornar os obstáculos com amor, deixando o amor e o egoísmo de lado, que lutassem juntos para se ter um lar equilibrado e harmonioso, seria o ideal de um lar, mas no planeta Terra está difícil, mas vamos lutar para melhorar tudo isso, principalmente nos mudando a nós mesmos, (reforma intima).

 4- Como já disse o amor é base da formação de um lar ,junto com o amor vem o exercício da paciência ,da compreensão ,do perdão ,somos muito imediatistas e nos arvoramos quando os resultados de nossos investimentos  na família não há retorno .Eu particularmente as vezes me canso de tentar sempre contornar tudo ,quando apenas um da família luta  se torna muito mais difícil ,mas minha fé é grande e quando me sinto triste oro muito e peço forças Deus ,abro meu livro Fonte Viva  e vem sempre uma resposta .A solução que vejo é o muito amar .
(Luiza)
---

Olá pessoal...

 Apenas a título de comentário inicial, não há dúvidas que no Lar reencontramos amigos cujas afinidades traduzem os laços de amor já formados, como também espíritos que ainda não nos afinizamos em laços de amor e que só a convivência adequada pode transformar, como o próprio Emmanuel nos ensina no texto citado. Mas também há a possibilidade de recebermos o convívio de espíritos que ainda não tivemos relacionamento anterior, mas que o programa de reencarnação contempla, objetivando sempre que prevaleçam as leis Divinas, onde o progresso se faz com a permuta de conquistas morais de cada um, cuja origem está na convivência.

Sobressai que, independentemente da situação de relacionamento anterior, o compromisso de auxílio mútuo entre todos os componentes do Lar é estabelecido no programa reencarnatório da família e sendo assim devemos buscar o melhor de nós, de forma contínua, para aproveitarmos a oportunidade de aprendizado e crescimento.

até
(Maurício) 
---

Olá pessoal...muita alegria

 Acredito muito na necessidade de criar uma cumplicidade no relacionamento familiar. Esta cumplicidade vem da certeza de que todos somos espíritos eternos em aprendizado, ainda imperfeitos a caminho da perfeição e que estamos unidos no Lar sob as bênçãos de Jesus para nos auxiliarmos mutuamente. Á partir desta premissa, a compreensão e o respeito em relação ao outro tornam-se preponderantes nas ações e pensamentos, permitindo que o cotidiano possa ser veículo para uma convivência mais adequada e feliz...então o companheirismo e a união surgem naturalmente...

 Como os espíritos responderam para Kardec, o maior defeito é o egoísmo, onde se originam todas as demais imperfeições morais. Se dentro do Lar, buscarmos privilegiar o objetivo maior de estarmos juntos a cada situação formada e prestarmos atenção em todas as derivações do egoísmo (orgulho, vaidade, ciúme, ...) dentro de nós mesmos, iniciaremos um processo benéfico de autoeducação. Esta postura perante aos demais familiares permitirá indução favorável, levando a um clima de cumplicidade, no sentido de auxílio-mútuo.

 É claro que nem sempre é possível que todos dentro do Lar desenvolvam está cumplicidade, mas faz parte do aprendizado também, o que importa é nos esforçarmos no limite de nossas forças, fazendo a nossa parte, pois os resultados a Deus somente pertencem...
 até mais amigos
(Maurício)


*Tema Lar conclusão*

A família pode ser formada tanto por Espíritos simpáticos, ligados a nós por anteriores relações de simpatia e amizade, como também pode acontecer de vir a ser formada por Espíritos completamente estranhos e ainda para reajustes entre si, a fim de poderem seguir no processo evolutivo.

O lar virá a ser a construção real dessa família: traduzido pelas vibrações de amor, compreensão, tolerância, indulgência, entre os seus membros constituintes, ou seja, o amor é base da formação de um lar, junto com o amor vem o exercício da paciência, da compreensão, do perdão.

Assim, todo lar compreende uma família, mas nem toda família compreenderá um lar.

Daí a importância da família formadora de lares, uma vez que o instituto doméstico é de origem divina e onde encontramos os meios necessários para a aprimoração do Espírito e consequente edificação de um mundo melhor.

Dia repleto de paz e amor
Equipe Educar CVDEE

*Título Autor encarnado Página*

A EDUCAÇÃO DA NOVA ERA DORA INCONTRI 46

ANTÔNIO DE PÁDUA ALMERINDO MARTINS DE CASTRO 108/137/149

AOS MÉDIUNS LIDIA LOUREIRO 49

APÓS A TEMPESTADE DIVALDO PEREIRA FRANCO 31

BÍBLIA DIVERSOS COL.3v18

CALMA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 52/79

CAMINHO VERDADE E VIDA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 39

CONDUTA ESPÍRITA WALDO VIEIRA 31

ENTRE A TERRA E O CÉU FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 150/258

ESCRÍNIO DE LUZ FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 200

ESTANTE DA VIDA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 15

ESTUDANDO A MEDIUNIDADE MARTINS PERALVA 103

ESTUDE E VIVA F.C.XAVIER - WALDO VIEIRA 92/216

ESTUDOS ESPÍRITAS DIVALDO PEREIRA FRANCO 171

EVANGELHO EM CASA * TODA A OBRA

FORÇAS SEXUAIS DA ALMA JORGE ANDRÉA DOS SANTOS 150

HÁ 2000 ANOS FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 32

JESUS NO LAR FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 11/19

JUSTIÇA DIVINA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 126

LIBERTAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 169/216

LIVRO DA ESPERANÇA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 41/115/120/201

LUZ NO LAR FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER *TODA A OBRA*

MARIA DOLORES FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 59(13)

MECANISMOS DA MEDIUNIDADE F.C.XAVIER - WALDO VIEIRA 116

MEDIUNIDADE EM CRIANÇAS AGNES HENRIQUES 89

NA ERA DO ESPÍRITO F.C.XAVIER-HERCULANO PIRES 33/35

NOSSO LAR FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 95/110/243/270

O ALVORECER DA ESPIRITUALIDADE DOLORES BACELAR 20
O CONSOLADOR FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 73

O LIVRO DOS ESPÍRITOS ALLAN KARDEC Q:385-521-828-CONCL.VI

O MATUTO ZIBIA M.GASPARETTO 297 (CAP.XV)

O MESTRE NA EDUCAÇÃO PEDRO DE CAMARGO - VINICIUS 116

O SOLAR DE APOLO ZILDA GAMA 123

OS FUNERAIS DA SANTA SÉ AMERICA DELGADO 158

PALAVRAS DE VIDA ETERNA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 232(108)

PASSOS DA VIDA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 13

PEDAGOGIA ESPÍRITA JOSÉ HERCULANO PIRES 16

PÉROLAS DO ALÉM FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 132

POESIAS PÓSTUMAS  22/52

PSIQUIATRIA EM FACE DA REENCARNAÇÃO DR.INACIO FERREIRA 11; 13; 27;34; 59; 64; 72

RELICÁRIO DE LUZ FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 59

RENOVAR-SE E VIVER J.MANAHEN E ROQUE JACINTO 20

RENÚNCIA FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 71

REPOSITÓRIO DE SABEDORIA DIVALDO PEREIRA FRANCO 51

SEARA DOS MÉDIUNS FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 155

SINAL VERDE FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 17

SOMOS SEIS F.C.XAVIER-CAIO RAMACIOTTI 179/180

TRABALHOS PRÁTICOS DE ESPIRITISMO EDGARD ARMOND 29

TRAMAS DO DESTINO DIVALDO PEREIRA FRANCO 297

VIDA E SEXO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER 13/21/57/61/65

VOLTAS QUE A VIDA DÁ ZIBIA M.GASPARETTO 18/90

Fonte: site vademecum.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário