domingo, 20 de março de 2016

ESTUDO EVANGÉLICO 33 LIVRO PALAVRAS DE VIDA ETERNA - ACALMA-TE



Livro: “PALAVRAS DE VIDA ETERNA”


Francisco C. Xavier / Emmanuel


Estudo n. 33

ACALMA-TE


“... A Deus tudo é possível..." - Jesus. (Mateus, 19 : 26.)
Acalma-te, recomenda Emmanuel.
É possível pôr em prática essa exortação diante das solicitações da vida moderna, face os dissabores que inesperadamente nos assaltam?
Se é possível, como fazê-lo?
A maioria com certeza, responderá que para se ter calma são indispensáveis conforto, independência financeira, estabilidade no emprego, saúde, silêncio e tantas outras situações consideradas como essenciais.
Se possível fosse reunir todos esses elementos será que bastariam para que a vida fosse sentida com serenidade?
Não. Reunidos todos esses fatores, somando-se a eles tantos outros também importantes ainda assim, surpreenderíamos o homem agitado, tenso, intranqüilo.
Como explicar essa aflição?
Exatamente porque tranqüilidade, calma, é uma condição íntima da criatura.
Joanna de Ângelis em Dimensões da Verdade cita Marco Aurélio que em se referindo à tranqüilidade, em sua "Meditação" define "tranqüilo" como um Espírito bem ordenado, significando que calma, paz, decorre de um estado de ordem, boa disposição, certeza interior que se reflete exteriormente nas atitudes seguras e harmônicas.
Essa ordem nasce, pode ser adquirida pela educação, no objetivo de renovar as disposições íntimas, no sentido da evolução espiritual e de instruir-se para vencer a ignorância ampliando as possibilidades do conhecimento.
Essas diretrizes são imprescindíveis à busca da calma, levando esse trabalho a um estado de espírito confiante, firme nos padrões evangélicos, sem receios íntimos, equilibrado pela reflexão que leva a agir sem precipitações.
Trabalhar calma, paz interior, viver calmamente é imprescindível para a construção do caminho a seguir, cumprindo com determinação, boa vontade, as obrigações, compromissos, deveres edificantes que o mundo impõe a cada dia em situações-convites que se apresentarão desde formas amenas até as duras, complicadas ou sofridas.
Nos bons momentos quanto nas dificuldades, conflitos e sofrimentos, calma, tranqüilidade no Espírito, dará forças para superar as próprias limitações, condições melhores para resolver problemas abrindo campo propício à inspiração dos amigos espirituais que estimularão a progredir, não desanimar, a partir do instante que identifiquem o esforço de querer fazer o que nos cabe, buscando o melhor na confiança de que se fizermos a nossa parte, a parte de Deus Ele a fará.

Bibliografia:
Xavier, Francisco Cândido. "Palavras de Vida Eterna: Acalma-te". Ditado pelo Espírito Emmanuel. 17a ed. Uberaba - MG - CEC. 1992.
Franco, Divaldo Pereira. "Dimensões da Verdade: Serenidade". Ditado pelo Espírito Joanna de Angelis. 2a ed. Salvador _ BA - Livraria Espírita "Alvorada". 1977.

Iracema Linhares Giorgini
Março / 2004


CENTRO ESPÍRITA BATUÍRA - RIB. PRETO – SP
cebatuira@cebatuira.org.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário