sexta-feira, 22 de março de 2013

Fora da caridade não há salvação X Fora da Igreja não há salvação (salvação pela fé ou pelas obras)


Raciocinando sobre esses dois atributos de Deus: bondade e justiça infinitas; e ainda considerando que só se vive uma vez, não existindo a reencarnação, já poderíamos facilmente saber o que seria mais decisivo: se a fé, se as obras. Caso a fé fosse o único meio de salvação, o que seria dos povos que viveram na América antes da mesma ser “descoberta”? O que seria de alguém que nasceu em uma vila isolada no interior da Índia e nunca sequer viu uma Bíblia a sua frente? Por aqueles dois atributos de Deus podemos pensar que a salvação eterna encontraria um fator altamente decisivo em uma mera questão geográfica? Um brasileiro católico ou evangélico ainda o seria se houvesse nascido, vivido e morrido no interior do Afeganistão, ou da Índia, como colocado anteriormente? Sabemos que Deus, em sua justiça, trata imparcialmente todos os seus filhos, não fazendo acepção de pessoas (Deuteronômio, 10:17). Como resolver então essa questão?
Um ponto interessante na salvação pela fé é o que se coloca em Tiago, 2:19: “Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem”.
Por esses pensamentos já chegamos a uma conclusão, mas, claro, há ainda que se considerar a palavra da Bíblia de forma mais abrangente. Façamos isso.
Passagens utilizadas como justificativas por aqueles que acreditam na salvação pela fé:
Romanos, 3:27-28 - Onde está logo a jactância? Foi excluída. Por que lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. Concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.
Efésios, 2:8-9 - Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.
Romanos, 10:9 - Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.
Romanos, 5:1 - Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo.
Agora, passagens utilizadas como justificativas por aqueles que acreditam na salvação pelas obras:
Romanos, 2:5-6 - Mas, segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus, que retribuirá a cada um segundo as suas obras;
Romanos, 2:3 - Pois não são justos diante de Deus os que só ouvem a lei; mas serão justificados os que praticam a lei.
2 Coríntios, 5:10 - Porque é necessário que todos nós sejamos manifestos diante do tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez por meio do corpo, segundo o que praticou, o bem ou o mal.
Tiago, 2:24 - Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé.

www.saberespirita.com.br
 – Conhecendo o Espiritismo sem preconceitos 
Site Saber Espírita - 2005 

Nenhum comentário:

Postar um comentário